Resenha – 1933 Foi um ano ruim (John Fante)

Resenha  1933 Foi um ano ruim (John Fante)
Resenha 1933 Foi um ano ruim (John Fante)

 

 

1933 foi um ano ruim. Eu não estava lá, foi o que Dominic Molise me contou.

John Fante conta de forma autobiográfica a história de um jovem de 17 anos em busca do sonho americano: ser um grande jogador de beisebol.

De uma família muito humilde, Dom sonha em alcançar a fama e a fortuna com o seu “braço”. Ele sabe que só assim poderá ajudar sua família. O pai é um pedreiro que está há 7 meses sem trabalho, a mãe vive rezando para que Nossa Senhora possa mudar os rumos da família, a avó é um senhora ranzinza que acredita que a América será a grande responsável pela destruição do mundo e os irmãos têm, cada um, seus próprios sonhos. A família vive a beira da miséria e o que resta a todos é a esperança de tempos melhores.

Aliás, o livro fala, acima de tudo, de esperança.

“Finalmente aqui está um homem que não tem medo da emoção”, é o que diz Bukowski a respeito de Fante e não tem como discordar! O livro todo me encheu de esperanças. Eu realmente coloquei fé nos sonhos do Dom e torci muito para que tudo ocorresse conforme planejado. Quando Dom tomava atitudes desesperadas, eu me desesperava junto! E ficava pensando comigo “não faz isso, não faz isso”, e então ele se arrependia, como se ouvindo o conselho, e voltava atrás tomando atitudes mais dignas.

Acho que falta na vida mais livros como esse. Livros que me fazem acreditar na história, que me levem junto.

E quando chega ao fim, simplesmente não dá pra acreditar! Parece um fim brusco demais. Eu estava completamente envolvida na história, então foi muito difícil simplesmente não ter mais notícias do Dom. Queria realmente que as últimas páginas estivem rasgadas pra saber “fica calma, não acaba aqui, tem mais…”, ou ter a notícia de que Fante poderia ter escrito um “1934 foi um ano bom”, mas não. Todo livro precisa ter um fim, e pra mim esse foi de perder o fôlego. Fica aquela sensação, no que você quer acreditar?

No fim, acredito que todos os apaixonados por Bukowski podem compreender sua admiração ao ponto de dizer: “Fante was my god”.

….

Onde comprar:

Submarino
Saraiva – Livro e Ebook
Livraria Cultura – Livro e Ebook
Estante Virtual
Amazon 

FacebookBlog

O Literatura Pessoal também está no Facebook!
Curta a página do blog para receber as atualizações e
ver todas as novidades.

www.facebook.com/literaturapessoal

Comments

comments