Resenha: Maze Runner – Prova de Fogo

Destaque

Resumo:

Prova de Fogo – O Labirinto foi só o começo… o pior está por vir. Depois de superarem os perigos mortais do Labirinto, Thomas e seus amigos acreditam que estão a salvo em uma nova realidade. Mas a aparente tranquilidade é interrompida quando são acordados no meio da noite por gritos lancinantes de criaturas disformes – os Cranks – que ameaçam devorá-los vivos.
Atordoados, os Clareanos descobrem que a salvação aparente na verdade pode ser outra armadilha, ainda pior que a Clareira e o Labirinto. E que as coisas não são o que aparentam. Para sobreviver nesse mundo hostil, eles terão de fazer uma travessia repleta de provas cruéis em um meio ambiente devastado, sem água, comida ou abrigo.

Calor causticante durante o dia, rajadas de vento gélido à noite, desolação e um ar irrespirável – no Deserto do novo mundo até mesmo a chuva é a promessa de uma morte agonizante. Eles, porém, não estão sozinhos – cada passo é espreitado por criaturas famintas e violentas, que atacam sem avisar.

Manipulação, mentiras e traições cercam o caminho dos Clareanos, mas para Thomas a pior prova será ter de escolher em quem acreditar.

 

Saga Maze Runner

O que eu achei:

Eu tenho enrolado bastante para dar continuidade nessa série, não que eu não tenha gostado, gostei sim! É só que tenho tanta coisa para ler que fico perdida nas prioridades. Mas assistir ao primeiro filme me incentivou a continuar na leitura.

Aqui tem o que eu achei do primeiro livro “Correr ou Morrer”.

Agora em Maze Runner – Prova de Fogo, Thomas e os clareanos estão fora do labirinto, mas longe de estarem seguros.

Eu vou tentar não dar um monte de spoilers aqui, mas é realmente complicado, pois o livro é cheio de detalhes que eu queria muito comentar! (se você leu e quer conversar também me dá um reply no twitter!! @Literat_pessoal)

Na segurança do seu alojamento os clareanos são acordados durante a noite por gritos horríveis e observam através das janelas figuras deformadas por algum tipo de doença, os crancks. No decorrer da história descobrimos que os cranks são homens e mulheres infectados pelo Fulgor.

Obviamente a paz do abrigo dura muito pouco e logo Thomas e seus amigos descobrem o desaparecimento de Teresa. Com uma nova missão, os clareanos iniciam uma jornada através do deserto, Thommas e seus amigos precisam chegar a um ponto indicado eles tem 1 semana para conseguir. O relógio está contra eles.

Saga Maze Runner

 

Nesse livro finalmente conseguimos algumas boas explicações para o labirinto. Através dos depoimentos de Brenda e Jorge, dois crancks que ainda estão lúcidos. Conseguimos descobrir o que provocou o fim do mundo, tal qual o conhecemos hoje. E com as lembranças de Thomas voltando aos poucos nos sonhos, conseguimos algumas respostas sobre seu passado e sua ligação com o CRUEL. Não muitas é claro.

Ainda fiquei com aquela sensação de que só é permitido ao leitor saber tanto quanto o personagem principal sabe sobre o que está acontecendo, acho esse recurso bem legal! Quanto mais confuso Thomas fica, mais confuso o leitor fica. E as “verdades” que vão aparecendo fazem com que você mais do que Thomas, queira logo descobrir a verdade.

É mais um livro de tirar o fôlego! Ritmo acelerado, muita ação, momentos de adrenalina e algumas dúvidas se os personagens que gostamos são mesmo quem dizem ser. O livro acabou e eu ainda não sei em quem confiar! E também acabei desgostando de alguns personagens.

E quando você pensa que a história caminha pra uma explicação os dois últimos capítulos são de dar nos nervos! Mais uma vez, um final empolgante! Provavelmente não vou esperar o próximo filme para ler o terceiro livro.

Estou cada vez mais envolvida com a história de Dashner. Acho que finalmente encontrei uma distopia para preencher aquele buraquinho deixado no meu coração por Jogos Vorazes. <3

Saga Maze Runner

 

Comments

comments

1 Comment

  1. Adorei a resenha! Deu mais vontade de lê.

Comentários fechados.