Resenha – Mentirosos (E. Lockhart)

Destaque Mentirososinopse:

Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence – neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos. Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

 

O que eu achei:

Esse foi um daqueles livros pelos quais eu não dava absolutamente nada. Aliás pelas resenhas que eu vi, todo mundo dizia a mesma coisa: No início o livro é lento e você não entende qual o propósito da história, mas o fim é de tirar o fôlego.

Logo, eu ficava com preguiça de ter que esperar o fim do livro para realmente me interessar por ele.

Porém, AMIGOS, leiam essa história!

Realmente, devo dizer, no começo eu fiquei meio “aff meudeus”, lá para o meio eu estava “o que tá rolando aqui?” e o fim? Não sei o que dizer, apenas sentir.

A história gira em torno de um grupo de primos que se encontram todo verão na ilha particular da família. Os Sinclair são uma família poderosa e cheia de problemas, porém com o lema de não ficar sofrendo ou remoendo o passado ou qualquer coisa que um dia possa tê-los feito sofrer. Como toda boa família rica e poderosíssima o que rola muito na família Sinclair são brigas para ver quem vai herdar o que e porque fulaninha tem a casa mais bonita da ilha e eu não.

Quem nos conta a história é Cadence, a neta primogênita e principal herdeira da família. Cadence e seus primos, Johnny e Mirren e o amigo Gat não querem se envolver nas brigas da família e com o passar dos anos se tornam ainda mais próximos, eles são Os Mentirosos. Confesso que, ou tenho memória seletiva e não lembro, ou realmente a autora não explicou, porque eles são chamados assim. Foi tipo, “a gente estava sempre juntos e logo passamos a ser chamados de Mentirosos pelo resto da família”. Uéééé… Se realmente foi explicado, por favor, ajudem a velha aqui e deixem nos comentários, eu não lembro!

Eu realmente não tenho como falar muito desse livro sem dar spoiler o que eu posso dizer é que eu realmente gostei muito da história. O que esses meninos fazem é inacreditável e a forma como tudo é revelado impressionante.

O livro é separado por verões, até chegar ao verão dos 15 (idade dos mentirosos na época), quando um terrível acidente acontece. Cady (Cadence) não consegue se lembrar do que aconteceu, perde totalmente o contato com os primos (normalmente eles só encontravam no verão mesmo) e demora 2 anos até sua mãe aceitar levá-la novamente para a ilha.

O livro tem uma escrita bonita, é meio poético, em determinados momentos pode ficar um pouco cansativa, com algumas repetições desnecessárias, mas é uma forma interessante. Como a história é contada por Cady, ela é bem romântica e gosta de dar muitos detalhes a situações e sentimentos.

Os Mentirosos são adolescente cheios de curiosidades e filosofias de vida e o leitor acaba se envolvendo com suas histórias.

A partir de determinado ponto da história eu comecei a ficar realmente preocupada com o que poderia acontecer e, não sei gente, fiquei chocada.

Espero que se você tiver a oportunidade de ler essa história, a faça de mente limpa, sem nenhum spoiler. Foi assim comigo. Seja paciente e aguarde o fim do livro, você vai se surpreender.


Nota: 5/5
Skoob
Saraiva
Amazon
Curta a página do Literatura Pessoal no Facebook!

Comments

comments