Resenha – O Grande Gatsby

gastbyUm livro de 5 reais e com cheiro de cigarro. Assim começou a minha história com “O Grande Gatsby”. O livro que conta a história de “geração perdida”, pós 1ª Guerra Mundial, na década de 20. A era do Jazz.

Mais uma vez, eu tinha apenas a referência de ter comprado um clássico. Engraçado como as pessoas podem falar sobre livros e acabar não dizendo absolutamente nada.

Jay Gatsby pelos olhos de Nick Carraway. Até onde um amor pode levar um homem? Quanto tempo podemos esperar e nos planejar para atrair um amor platônico? E quais são as chances de uma vida dedicada a isso terminar da forma como imaginamos?

Um amor que perdura há vários anos, um homem rodeado de festas, luxo e riqueza. E ainda assim, solidão.

“E assim prosseguimos, botes contra a corrente, impelidos incessantemente para o passado”. F. Scott Fitzgerald em “O Grande Gatsby”.

Também conhecida por mim como: a melhor frase final de livro dos últimos tempos.

Vale a leitura principalmente para aqueles que, como eu, estão atrasados nos clássicos e esperam ansiosamente o filme que será lançado em Junho deste ano.

 

Onde Comprar:

Submarino
Saraiva – Livro e Ebook
Livraria Cultura – Livro, Pocket e Ebook
Estante Virtual
Amazon.com.br

 

FacebookBlog

O Literatura Pessoal também está no Facebook!
Curta a página do blog para receber as atualizações e
ver todas as novidades.

www.facebook.com/literaturapessoal

Comments

comments