Resenha – O Livro dos Abraços

Dos Abraços

Eu ganhei esse livro de uma amiga, ele veio com dedicatória e tudo. Ou seja, por si só, o livro já é um abraço para mim.

Dizem os filósofos que a vida é feita de pequenos momentos. Tem ainda aqueles que dizem que um abraço é capaz de despertar os mais profundos sentimentos. E há também aqueles que acreditam que um livro é a melhor companhia que se pode ter. Dito isto, fica um pouco complicado definir “O Livro dos Abraços” de Eduardo Galeano.

Galeano reúne pequenas histórias que, como eu li em outra resenha e digo aqui, precisam passar pelo coração ao serem lidas. Eu sei, é piegas, mas não vejo outra forma para dizer isso. São pequenas histórias cotidianas, algumas ele viveu, outras ele ouviu e várias tem caráter político, traço tão marcante do autor.

Acho que essa particularidade, de ter várias pequenas histórias reunidas, torna o livro aquele tipo de obra feita para que todo mundo possa apreciar, de maneiras particulares. Quer dizer, se você gosta de ler, provavelmente vai gostar do jeitinho simples e despreocupado de Galeano ao contar suas histórias. Se você não gosta de ler, pode tentar ao menos. Afinal uma história repleta de significados está resumida em uma única página. É ler algumas linhas e deixar a imaginação trabalhar no resto do tempo.

Então leia. Abra o livro ao acaso e leia uma história, leia de trás pra frente, leia inteiro, leia pausadamente antes de dormir, em pequenas doses homeopáticas. Pode não ter efeito, mas também não há de fazer mal algum.

Onde Comprar:

Saraiva – Ebook
Livraria CulturaLivro e Ebook
Estante Virtual
Amazon.com.br

 

FacebookBlog

O Literatura Pessoal também está no Facebook!
Curta a página do blog para receber as atualizações e
ver todas as novidades.

www.facebook.com/literaturapessoal

Comments

comments

7 Comment

  1. Lá vou eu comprar mais um livro.
    Bjos

    1. Ebaaaa hahahahahh
      Esse aí foi Fereza que me deu. É lindo!

      Bjo

    2. Compra mesmo! Amor garantido em todas as páginas! =)

  2. Leuris, eu fiquei muito emocionada com essa resenha! Mais que todas! Você falou do Galeano tão bonito, eu vou reler e reler e reler… Gratidão imensa! Você vendeu ele lindamente. Convenceu, se eu não o conhecesse, com toda a certeza do mundo eu compraria já amando tudo ali… Beijos, amo você!

    1. Obrigada Fê!
      Pelo apoio de sempre, pelos livros sempre “acertados” (vide meu caso de amor com “Orgulho e Preconceito”, também presente seu) e por suas indicações sempre maravilhosas!

      Saudades <3

  3. Juldis, só pra ficar com uma aguinha na boca:
    “O menino me explicou:
    – Você sabe por que as estrelas caem? A culpa é de Deus. Deus gruda elas mal. Ele gruda as estrelas com cola de arroz.”
    Arrepio lendo ele. Que doce esse Galeano…

    1. Aí o site demora um mês pra entregar o livro e eu quase morro de ansiedade. Bonito isso, né Fereza!

Comentários fechados.